Os fãs da obra de J.K. Rowling não poupam esforços para criar novas histórias e casais dentro do universo bruxo

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Os fãs da obra de J.K. Rowling não poupam esforços para criar novas histórias e casais dentro do universo bruxo

Como todas as outras sagas infantojuvenis, Harry Potternão escapou das fanfics. E apesar de J.K. Rowling ter construído relações sinceras e duradouras ao longo dos livros, os potterheads não pensaram duas vezes em expandir as ideias da autora e criar novos relacionamentos entre os personagens.

Algumas histórias poderiam facilmente ser incorporadas à saga e tornariam a vida amorosa das personagens mais interessante. Por outro lado, alguns fãs do menino que sobreviveu possuem uma imaginação fértil demais e criam ships bizarros - que provocam até risadas desconfortáveis.

Confira 3 ships de Harry Potter que não fazem sentido e 2 dois incríveis:
Curiosamente, alguém imaginou que Hermione Granger poderia ter um relacionamento com Fred Weasley. Mesmo que Rony não gostasse de melhor amiga e Fred não tivesse morrido na Segunda Guerra Bruxa, o romance dos dois personagens ainda não faz sentido. Se Hermione tinha dificuldade de lidar com o temperamento de Rony, como ela ia se dar bem com o Fred, o mestre das brincadeiras idiotas?
Muitos potterheads imaginam que Harry teria sido mais feliz ao lado de Luna Lovegood. O ship faz muito sentido quando levamos em consideração o fato de Gina Weasley ser totalmente desinteressante e ter pouco tempo de aparição nos filmes. Além disso, Harry e Luna protagonizam um momento cheio de química e empatia quando falam sobre a perda dos pais, em A Ordem da Fênix.
Ok, isso não faz o menor sentido. Draco e Luna simplesmente vivem em universos completamente diferentes. Além disso, a família deles iriam se odiar. Lembra que Xenofílio Lovegood foi intimado ao publicar no O Pasquim um texto contra o governo, controlado por seguidores de Voldemort, ou seja, toda família Malfoy ?
Um dos ships mais queridos do fandom é Dramione. É aquela antiga história de amor proibido estilo Romeu e Julieta. Draco é um garoto mau e é controlado pela família supremacista da Sonserina. Já Hermione é uma nascida-trouxa da Grifinória que não tem medo de defender os valores em que acredita. Por que não se apaixonariam um pelo outro?
São tantas coisas erradas nessa relação que vou me limitar a dizer que os dois personagens apenas não tinham a química necessária e, hum, se encontraram no momento errado da vida?

Postar um comentário

0 Comentários