10 ANIMAIS FANTÁSTICOS MAIS INCRÍVEIS DA FRANQUIA HARRY POTTER

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

10 ANIMAIS FANTÁSTICOS MAIS INCRÍVEIS DA FRANQUIA HARRY POTTER

O mundo criado por J.K. Rowling é um dos mais queridos e completos da ficção, e assim como o nosso mundo – o dos trouxas – há uma fauna riquíssima nesse universo. Várias criaturas mágicas povoam os livros e filmes de Harry Potter, não sendo à toa que a atual franquia dedicada ao mundo bruxo é chamada de Animais Fantásticos e Onde Habitam, que traz uma variedade de criaturas para o centro da história.

Nessa lista, vamos relembrar de alguns dos animais fantásticos mais legais da mitologia de Harry Potter. Confira

Fênix

Esse belíssimo pássaro da mitologia grega também ganhou sua versão no universo Harry Potter. Apresentado em A Câmara Secreta, a fênix é um animal de cor vermelha e porte de cisne, com um longo rabo, bico e garras dourados.

A fênix tem uma vida longuíssima porque é capaz de se regenerar. Quando seu corpo entra em decadência ela simplesmente irrompe em chamas e ressurge jovem das cinzas. Suas lágrimas tem poderes curativos, e há quem diga que seu canto é capaz de aumentar a coragem nos corações puros e atemorizar as pessoas já terríveis.

Na trama de Harry PotterDumbledore possui uma fênix de estimação, a Fawkes

Cavalo-do-Lago

Também chamado de kelpie, o cavalo-do-lago é um demônio aquático natural da Grã-Bretanha, que na maioria das vezes parece um cavalo com uma crina longa que mais parece folhas. No entanto, o animal é capaz de mudar sua forma, podendo ser uma lontra perto de um trouxa ou uma imensa serpente marinha quando quer assustar alguém.

Muito perigoso, o cavalo-do-lago é capaz de atrair presas que têm intenção de montá-lo, para em seguida levá-la direto ao fundo do rio, a devorando e deixando suas tripas boiando à superfície.

Em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald descobrimos que Newt cria um cavalo-do-lago dentro de casa.

Dragão

Provavelmente a criatura mágica mais famoso do mundo, o dragão é tão impressionante e perigoso no mundo bruxo quanto em qualquer outro universo ficcional. Aqui, eles vivem sob os cuidados de pessoas especializadas em dragões, e raramente aparecem em ambientes que não sejam cheios de bruxos com aptidões e treinamentos especiais. Seu couro, coração, sangue, fígado e chifres são grandes artigos de comércio.

Existem dez espécies de dragões, embora se saiba que elas ocasionalmente se entrecruzam produzindo híbridos raros. Na série Harry Potter, dragões puderam ser vistos durante a Primeira Tarefa do Torneio Tribruxo em O Cálice de Fogo, e posteriormente em Relíquias da Morte, quando o trio foge de Gringotes montando em um dragão que guardava o banco.

Pelúcio

Apresentado nos livros de Harry Potter, o pelúcio veio a ganhar uma versão cinematográfica apenas com o lançamento de Animais Fantásticos e Onde Habitam em 2016. Fofo, preto e de focinho longo, essa criatura tem predileção por tudo que brilha.

Embora ele seja um animal inofensivo, não é recomendado criar um pelúcio em casa devido a sua capacidade de destruir e bagunçar qualquer ambiente em busca de objetos brilhantes. Ele pode ser encontrado em covas e podem ter de seis a oito filhotes em cada ninhada.

No filme estrelado por Eddie Redmayne, é um pelúcio o responsável por iniciar todo o caos que leva o bruxo Newt Scamander a se aventurar ao lado do não-maj Jacob e da auror Tina.

Pássaro-Trovão

Esse animal natural dos Estados Unidos - mais precisamente do estado do Arizona - é maior que qualquer homem adulto e pode causar verdadeiras tempestades durante o voo. Uma das casas da Escola de Ilvermorny de Magia e Bruxaria é batizada com o nome de Thunderbird, nome original em inglês do pássaro.

É para devolvê-lo ao seu habitat natural que Newt vai aos Estados Unidos no primeiro filme de Animais Fantásticos. O Pássaro-Trovão acaba sendo fundamental para espalhar o soro que apaga a memória dos trouxas ao final do filme.

Testrálio

Esses cavalos alados, negros e esqueléticos são invisíveis aos olhos daqueles que nunca realmente viram a morte de perto. Por causa disso, os testrálios tem uma reputação macabra, tendo sido caçados e maltratados ao longo de séculos.

Harry Potter não conseguiu ver um testrálio por anos, ainda que tenha presenciado o assassinato da mãe quando criança. Foi só quando ele viu Cedrico Diggory ser morto, que ele finalmente compreendeu a ideia de perda, passando assim a ver os testrálios que puxam as carruagens da estação de Hogsmead até Hogwarts. Os testrálios são criaturas dóceis e gentis ao contrário do que sua aparência pode sugerir. E foram eles que ajudaram Harry, Rony, Hermione, Luna, Neville e Gina a voarem até o Ministério da Magia em A Ordem da Fênix.

Centauro

Criatura mitológica presente em diversos mundos fantásticos, o centauro tem cabeça, tronco e braços humanos ligados a um corpo de cavalo. Apesar de serem tão inteligentes quantos os humanos, eles preferem ser categorizados como animais.

Habitantes da floresta, seu modo de vida é envolto em mistérios. Eles não fazem a menor questão de conviver com seres humanos, sejam bruxos ou trouxas, mas são conhecidos entre a comunidade bruxa como seres sábios e peritos em cura mágica, adivinhação e astronomia.

Nos livros de Harry Potter, um centauro chega a ser contratado para dar aula de Adivinhação em A Ordem da Fênix depois que a Professora Trelawney é mandada embora.

Sereianos

Os sereianos são como o que os trouxas conhecem como sereias, porém, a maioria deles estão longe de serem exemplos de beleza como diz o imaginário popular ligado a essas criaturas mitológicas.

Eles podem ser encontrados em qualquer parte do mundo e usam um idioma próprio para se comunicar. Seus hábitos são tão misteriosos quanto os do centauros, mas seu amor amor pela música são algumas das características mais famosas e verídicas.

Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, os sereianos são parte importante da Segunda Tarefa do Torneio do Tribruxo.

Occami

Bípede emplumado, com asas e corpo de serpente, o Occami pode alcançar o comprimento de quatro metros e meio. Extremamente agressivo a qualquer um que se aproxime dele, sua dieta consiste basicamente de ratos, pássaros, e, ocasionalmente, macacos. É muito protetor quando se trata de seus ovos, da qual é feita da mais pura e delicada prata.

O Occami é conhecido por ser choranaptyxic, o que significa que ele cresce ou encolhe na mesma proporção do espaço disponível. Em Animais Fantásticos e Onde Habitam, o Occami é um dos animais que fogem da maleta de Newt, e graças as cascas de seus ovos, Jacob consegue o dinheiro para abrir sua padaria

Hipogrifo

Em O Prisioneiro de AzkabanHarry é apresentado a uma espécie realmente fantástica: o hipogrifo. A criatura que tem a cabeça de águia e o corpo de cavalo faz parte da mitologia popular, mas foi adotado com algumas características originais por J.K. Rowling.

Segundo o livro ficcional Animais Fantásticos e Onde Habitam escrito por Newt Scamander, um hipogrifo pode ser encontrado em qualquer parte do mundo, mas não deve ser domesticado por qualquer um. Para evitar um ataque mortal desse animal, é preciso mostrar-lhe que você tem boas intenções fazendo uma reverência. Se o hipogrifo retribuir, é sinal de que você está seguro.

Nas histórias de Harry Potter, Hagrid é dono de um hipogrifo de nome Bicuço, que por atacar Draco Malfoy durante uma aula de Trato das Criaturas Mágicas, acaba sendo condenado à morte. Porém, graças ao Vira-Tempo de Hermione, o animal é salvo do destino cruel.

Postar um comentário

0 Comentários