Harry Potter: Por que as turmas de Hogwarts eram tão pequenas?

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Harry Potter: Por que as turmas de Hogwarts eram tão pequenas?


Hogwarts é o local principal no qual a saga Harry Potter , de J.K. Rowling, se passa. A Escola de Magia e Bruxaria foi feita para alunos entre 11 e 17 anos e é protegida por diversos feitiços e encantamentos, principalmente para evitar que trouxas a encontrem. 

Na ficção, o menino Harry Potter começa a frequentar a escola no ano letivo de 1991, quando tinha 11 anos. Assim que o garoto vai para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, percebe-se que as turmas são muito pequenas, com poucos alunos novos ao ano. 

Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, a produção mostra o ritual de escolha entre as quatro Grande Casas: Grifinória, Lufa-Lufa, Sonserina e Corvinal. O protagonista é selecionado para a Casa da Grifinória, assim como Rony Weasley, Hermione Granger e, aparentemente, outros sete colegas. 

Considerando a média de alunos por casa, entende-se que as turmas do ano de Harry eram bem pequenas. Segundo teoria de fã compartilhada pelo Screenrant, o motivo está relacionado aos eventos da década de 1970 para 1980 - período do final da Primeira Guerra dos Magos.

De acordo com a teoria, devido ao poder de Lord Voldemort na época, muitas pessoas foram mortas e outras se juntaram à Ordem da Fênix para lutar contra o Lorde das Trevas. Assim, ter filhos não era prioridade.

Dessa forma, o caos gerado por Voldemort e pela guerra teria feito com que muitos bruxos não tivessem filhos no período - levando à diminuição de alunos nas turmas de Hogwarts.

Apesar da teoria, é preciso considerar que a saga dava a impressão de que a escola era inacessível aos bruxos de classes mais baixas - fazendo da média de alunos um parâmetro inconsistente. 

Postar um comentário

0 Comentários