Teorias de Harry Potter negadas por J.K. Rowling

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Teorias de Harry Potter negadas por J.K. Rowling


A verdade é que a série conquistou através dos livros e filmes muitas pessoas que adoram a “alta fantasia”, criada por  J. K. Rowling. O público fiel vai além das aventuras quando o assunto é ligar vários pontos ocultos da história, ou seja, imaginar algumas teorias ou ligações por trás dela.

Ron é o Dumbledore viajando no tempo

NEGADA

“Em 2004, uma estranha teoria foi trazida pelos fãs de Harry Potter que trocaram idéias através de fóruns on-line: e se Ron Weasley fosse apenas o Dumbledore viajando no tempo? Na publicação que originou essa teoria, os fãs argumentaram que Harry freqüentemente se referia a Dumbledore e a Ron como pessoas magras, altas e com um nariz longo.

Os fãs também apontaram que ambos os personagens tinham uma forte paixão por doces, e que era estranho que Dumbledore soubesse exatamente o que Ron tinha visto por si mesmo no  Espelho de Ojesed. O argumento mais forte para a teoria do fã, no entanto, é o fato de que Dumbledore sempre parecia conhecer com uma riqueza detalhada sobre tudo o que aconteceu com Harry, Hermione e Ron … quase como se ele estivesse lá o tempo todo”

Rita Seeker é na verdade um alter ego de J.K Rowling 


NEGADA

“Há literalmente uma teoria do fã que tenta provar que Rita Seeker, uma jornalista famosa no mundo mágico, foi exilada daquela comunidade e escreveu os livros de Harry Potter sob o pseudônimo de JK Rowling para expor a existência de feiticeiros aos muggles.

A pura existência de JK Rowling como pessoa real rejeita a validade desta teoria do fã. Joanne Rowling nasceu em Yate, Gloucestershire (Inglaterra) em 1965. Obteve um bacharelado da Universidade de Exeter em 1986. Sua mãe, Anne, morreu em 1990, que é o mesmo ano em que Rowling começou a conceber a série Harry Potter"


Postar um comentário

0 Comentários