Julgamento de Johnny Depp é adiado — mas não por causa de "Animais Fantásticos 3"

Header Ads Widget

Ticker

6/recent/ticker-posts

Julgamento de Johnny Depp é adiado — mas não por causa de "Animais Fantásticos 3"


O julgamento por difamação entre Johnny Depp (Gerardo Grindelwald) e a ex-mulher Amber Heard (Mera em "Aquaman") foi adiado, mas não por causa de "Animais Fantásticos 3" — Depp já havia solicitado uma mudança de data para o processo, a fim de gravar o próximo filme.

Desde que assumiu o papel do bruxo das trevas no spin-off de "Harry Potter", "Animais Fantásticos e Onde Habitam", a carreira de Depp passou por algumas mudanças sísmicas. As acusações de Heard sobre violência doméstica tiveram um peso significativo contra o ator que já foi altamente requisitado em Hollywood.

Depois que Heard publicou um artigo no The Washington Post sobre os abusos que sofreu, Depp abriu um processo de difamação de 50 milhões de dólares contra ela. Desde então, o ator foi retirado da franquia "Piratas do Caribe", e sua lista de produções futuras está atualmente limitada à sequência de "Animais Fantásticos". Além de tudo isso, em março, a produção do filme foi paralisada como resultado da pandemia de COVID-19, e foi retomada no Reino Unido há duas semanas, mas as datas do processo por difamação ameaçaram a disponibilidade do ator.

Após solicitar o adiamento do julgamento para permitir seu retorno como Grindelwald, parece que Depp realizou seu desejo. De acordo com o Deadline, o adiamento do julgamento, que deveria ocorrer em Virgínia (EUA), foi transferido de 11 de janeiro para 3 de maio de 2021 devido às preocupações do coronavírus e ao atual congelamento dos julgamentos. Como as coisas estavam antes, a data original do tribunal também entrou em conflito com o compromisso de Heard com o segundo filme de "Aquaman".

Com o anúncio oficial da reprogramação do caso, Depp estará disponível para "Animais Fantásticos 3" de 17 de setembro até o final de fevereiro do próximo ano.

Postar um comentário

0 Comentários